Registro

Valor Justo x Ajuste a Valor Presente

|

É comum que haja confusão quando da distinção entre quando utilizar valor justo e ajuste a valor presente. Então, a fim de esclarecer um pouco mais sobre o assunto, segue um breve resumo com dois exemplos para auxiliá-los.

VALOR JUSTO

Busca demonstrar o valor de mercado de determinado ativo ou passivo, o que significa que prevalece a taxa da data do balanço.

AJUSTE A VALOR PRESENTE

Busca mensurar ativos e passivos levando-se em consideração o valor do dinheiro no tempo e as incertezas a eles associados, mas medidos sempre com base na taxa prevalecente na data original da contratação.

 

Em algumas circunstâncias, o valor justo e o valor presente podem coincidir, mas isso não é uma regra, sendo que, ao aplicar a técnica de ajuste a valor presente, passado o primeiro ano, o reconhecimento da receita ou despesa financeira deve respeitar a taxa de juros da transação na data de sua origem, independentemente da taxa de juros de mercado em períodos subsequentes. Determinada a taxa de ajuste a valor presente, ela permanecerá a mesma até o vencimento da operação.

Quando o valor justo e o ajuste a valor presente não coincidirem, prevalece dos dois o menor.

  • Exemplo 1:
    • A compra financiada de um veículo por um cliente especial que, por causa dessa situação, obtenha taxa não de mercado para esse financiamento. Nesse caso prevalece contabilmente o valor calculado a valor presente, inferior ao valor justo, por representar melhor o efetivo custo de aquisição para o comprador.
    • Exemplo 2:
      • A entidade efetua uma venda a prazo no valor de $ 10.000 mil para receber o valor em parcela única, com vencimento em cinco anos. Caso a venda fosse efetuada à vista, de acordo com opção disponível, o valor da venda teria sido de $ 6.210 mil, o que equivale a um custo financeiro anual de 10%. Verifica-se que essa taxa é igual à taxa de mercado, na data da transação.
      • No primeiro momento, a transação deve ser contabilizada considerando o seu valor presente, cujo montante de $ 6.210 mil é registrado como contas a receber, em contrapartida de receita de vendas pelo mesmo montante. Nota-se que, nesse primeiro momento, o valor presente da transação é equivalente a seu valor de mercado ou valor justo (fair value).
      • No caso de aplicação da técnica de ajuste a valor presente, passado o primeiro ano, o reconhecimento da receita financeira deve respeitar a taxa de juros da transação na data de sua origem (ou seja, 10% ao ano), independentemente da taxa de juros de mercado em períodos subsequentes.
        • Ano

          $ mil

          Valor

          Juros (taxa efetiva)

          Saldo atualizado

          1 - 6.210

          620

          6.830

          2 - 6.830

          683

          7.513

          3 - 7.513

          751

          8.264

          4 - 8.264

          827

          9.091

          5 - 9.091

          909

          10.000


Autor: Andrezza Espíndola, mestranda em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará



Leia também

 Ajuste a Valor Presente Ajuste a Valor Presente

05. 11. 2019, Andrezza Espíndola, mestranda em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará Saiba mais sobre o CPC 12 - Ajuste a Valor Presente... continue lendo


 Valor Justo Valor Justo

30. 10. 2019, Andrezza Espíndola, mestranda em Administração e Controladoria pela Universidade Federal do Ceará Você conhece as principais características do CPC 46 - Valor Justo?... continue lendo



Comentário




Publicidade ∇

Impresso da página: https://www.contabilizacaofacil.com/artigo.php?t=Valor-Justo-x-Ajuste-a-Valor-Presente&idc=27

QR code